Fiche Structure
Ukbar Filmes
Adresse : Av. Duque de Loulé, nº79 r/c Dt.ªA 1050-088 Lisbon
Pays concerné : Portugal
Téléphone(s) : (+351) 21 314 93 26

English

UKBAR FILMES is a Lisbon based production company. Pandora da Cunha Telles is at the heart of Ukbar Filmes with her Argentinean partner Pablo Iraola.

Producer on the move in Cannes 2004, since then she produced of 12 feature films most of them in international coproduction: Hollow City with France and Angola; Sleepwalking Land with Mozambique and ARTE-ZDF which was sold to 17 countries; Mystery of Sintra’s Road with Brazil; Ilusiones Opticas by the Chilean director Christian Jiménez with France and Chile, How to Draw a Perfect Circle by Marco Martins, the immigration tale America, featuring Chulpan Khamatova from Good Bye Lenin, coproduced with Brazil, Russia and Spain. In 2010, the TV serial República, starring Joaquim de Almeida was a hit with almost one million viewers. In 2011, Ukbar co-produced the second feature by Cristián Jiménez, Bonsái, which premiered in the Un Certain Regard, beginning a long festival run in festivals and the documentary Behind the lights with Argentina and Spain which has in San Sebastian 2011. In 2012, it was the time to release their latest production Florbela, the second feature-film by Vicente Alves do Ó, that focused on the Portuguese poetess Florbela Espanca, which is on the top5 most watched Portuguese films of the last years, while the political drama, Virgin Margarida, by the Mozambican director Licinio Azevedo premiered in Toronto and 10 other festivals. In the documentary ground they produced several documentaries in the last two years most of them in coproduction: Letter to the Future, Many Days to a Month, Design behind Bars, Return, Camping, Home. Now shooting is Brave Youth in southern Mexico following the forcados.

UKBAR FILMES joins good stories to the best creative. Has held dynamic directors, curious and plastically advanced, writers and screenwriters who bet heavily on narrative films to revitalize the Portuguese market and projecting aggressively into the international market. Modular teams, short shooting periods, high creative costs and low structural costs with the best solid partnerships with national and international distributors, which will contribute to the fast entrance of UKBAR FILMS in the market.

UKBAR FILMES does not pretend a revolution. Directing and scriptwritting complements each other. There is no cinema revolution underway! Cinema is a product, an entertainment tool but also art in motion, with consequences on discourse, practices of use and consumption. If the formats are dependent of innovation, the contents are dependent of the social sphere and of market requirements in constant mutation. Thus, the only solution is to make audiovisual and cinema products with a quality level able to support the time and changing formats – a format results from agents technology activity, a content supply needs!

TEAM

Pablo Iraola
Producer

Pandora da Cunha Telles
Producer

Guilherme Martins
Post-Production and Materials

Flávia Sardinha
Production

Eugénia Branco
Administrative

Teresa Pereira
Desenvolvimento de Projectos


___________________

PT

UKBAR FILMES é uma compahia de produção situada em Lisboa. Pandora da Cunha Telles está no centro da Ukbar Filmes juntamente com o seu parceiro argentino, Pablo Iraola. Producer On The Move em Cannes em 2004, produziu, desde então, 12 longas-metragens, a sua maioria em co-produção internacional: Na Cidade Vazia, com a França e Angola; Terra Sonâmbula com Moçambique e ARTE-ZDF que foi comercializado em 17 países; O Mistério da Estrada de Sintra com o Brasil; a adaptação da obra homónima de Agustina Bessa-Luís, A Corte do Norte de João Botelho; Kiss Me de António da Cunha Telles; Ilusiones Opticas, do realizador chileno Christian Jiménez, com a França e o Chile; Como Desenhar um Círculo Perfeito de Marco Martins; o conto sobre emigração América de João Nuno Pinto, com Chulpan Khamatova de « Adeus, Lenine », coproduzido com o Brasil, a Rússia e a Espanha. Em 2010, a série televisiva Républica, com Joaquim de Almeida foi um sucesso alcançando quase um milhão de espectadores. Em 2011 a Ukbar co-produziu o segundo filme de Cristián Jiménez, Bonsái, que estreou em Un Certain Regard, começando um longo percurso de festivais e o documentário Às Voltas, juntamente com a Argentina e a Espanha que esteve em San Sebastian 2011. Em 2012 chegou o momento de lançamento da sua mais recente produção Florbela, a segunda longa-metragem de Vicente Alves do Ó, que se foca na poetisa portuguesa Florbela Espanca, e tornou-se um dos 5 filmes portugueses mais vistos dos últimos anos, enquanto o drama político, Virgem Margarida, do realizador moçambicano Licinio Azevedo estreou no Festival de Toronto, assim como em mais de vinte outros festivais, tendo sido premiado em Cartago e Amiens. No ramo do documentário, vários foram produzidos nos últimos dois anos, a sua maioria em co-produção: Carta para o Futuro, Muitos Dias Tem o Mês, Design Atrás das Grades, O Regresso, Camping, Casa. De momento em rodagem o México está Juventude Brava, que segue os forcados.

Português

UKBAR FILMES é uma compahia de produção situada em Lisboa. Pandora da Cunha Telles está no centro da Ukbar Filmes juntamente com o seu parceiro argentino, Pablo Iraola. Producer On The Move em Cannes em 2004, produziu, desde então, 12 longas-metragens, a sua maioria em co-produção internacional: Na Cidade Vazia, com a França e Angola; Terra Sonâmbula com Moçambique e ARTE-ZDF que foi comercializado em 17 países; O Mistério da Estrada de Sintra com o Brasil; a adaptação da obra homónima de Agustina Bessa-Luís, A Corte do Norte de João Botelho; Kiss Me de António da Cunha Telles; Ilusiones Opticas, do realizador chileno Christian Jiménez, com a França e o Chile; Como Desenhar um Círculo Perfeito de Marco Martins; o conto sobre emigração América de João Nuno Pinto, com Chulpan Khamatova de « Adeus, Lenine », coproduzido com o Brasil, a Rússia e a Espanha. Em 2010, a série televisiva Républica, com Joaquim de Almeida foi um sucesso alcançando quase um milhão de espectadores. Em 2011 a Ukbar co-produziu o segundo filme de Cristián Jiménez, Bonsái, que estreou em Un Certain Regard, começando um longo percurso de festivais e o documentário Às Voltas, juntamente com a Argentina e a Espanha que esteve em San Sebastian 2011. Em 2012 chegou o momento de lançamento da sua mais recente produção Florbela, a segunda longa-metragem de Vicente Alves do Ó, que se foca na poetisa portuguesa Florbela Espanca, e tornou-se um dos 5 filmes portugueses mais vistos dos últimos anos, enquanto o drama político, Virgem Margarida, do realizador moçambicano Licinio Azevedo estreou no Festival de Toronto, assim como em mais de vinte outros festivais, tendo sido premiado em Cartago e Amiens. No ramo do documentário, vários foram produzidos nos últimos dois anos, a sua maioria em co-produção: Carta para o Futuro, Muitos Dias Tem o Mês, Design Atrás das Grades, O Regresso, Camping, Casa. De momento em rodagem o México está Juventude Brava, que segue os forcados.