Fiche Personne
Ecrivain/ne

José Eduardo Agualusa

Angola, Portugal

Français

D'origine indienne, José Eduardo Agualusa est né en 1960 à Huambo, en Angola.



Fixé au Portugal, il est journaliste au Publico, à la radio et à la télévision. Il est l'auteur de nombreux romans, poèmes, reportages et nouvelles, tous couronnés de succès.



Avec son premier roman "A Conjura" publié en 1989, il donne un nouveau ton à la littérature portugaise en s'emparant de l'histoire coloniale. Il ouvre ainsi le chemin d'une nouvelle génération d'auteurs africains en revitalisant la langue portugaise.



Bibliographie :

Romans et nouvelles

– A Conjura (roman, 1989)

– D. Nicolau Água-Rosada e outras estórias verdadeiras e inverosímeis (nouvelles, 1990)

– A feira dos assombrados (1992)

– Estação das Chuvas (roman, 1996)

– Nação Crioula (roman, 1997)

– Fronteiras Perdidas, contos para viajar (nouvelles, 1999)

– Um estranho em Goa (roman, 2000)

– Estranhões e Bizarrocos (jeunesse, 2000)

– O Homem que Parecia um Domingo (nouvelles, 2002)

– Catálogo de Sombras (nouvelles, 2003)

– O Ano em que Zumbi Tomou o Rio (roman, 2003)

– O Vendedor de Passados (roman, 2004)

– Manual Prático de Levitação (nouvelles, 2005)

– As Mulheres de Meu Pai (roman, 2007)

– Barroco tropical (roman, 2009)

– Milagrário Pessoal (roman, 2010)

– Teoria geral do Esquecimento (roman, 2012)

– A educação sentimental dos pássaros (roman, 2012)

– A vida no céu (roman, 2013)

– A Rainha Ginga (roman, 2014)

Pièces

Geração W (2004)

Chovem amores na Rua do Matador (2007) 

Aquela Mulher (2008)

Autres

– O coração dos bosques (poésie, 1991)

Lisboa Africana (reportages, avec le journaliste Fernando Semedo et la photographe Elza Rocha, 1993)

– A Substância do Amor e Outras Crónicas (chroniques, 2000)

– Na rota das especiarias (guide, 2008)

Traduits en Français

– Le Vendeur de passés, Métailié, 2006

– La saison des fous, Gallimard, 2003

English

José Eduardo Agualusa (Alves da Cunha) (born December 13, 1960, in Huambo, Angola—then called Nova Lisboa, Overseas Province of Angola) is an Angolan journalist and writer.



He studied agronomy and silviculture in Lisbon, Portugal.

He currently spends most of his time in Portugal, Angola and Brazil, working as a writer and journalist.

His books have been translated into twenty languages.

He writes monthly for the Portuguese magazine LER and weekly for the Angolan newspaper A Capital.

He hosts the radio program A Hora das Cigarras, about African music and poetry, on the channel RDP África.



In 2006, he launched, with Conceição Lopes and Fatima Otero, the Brazilian publisher Língua Geral, dedicated exclusively to Portuguese-language authors.



Bibliography:

– A Conjura (novel, 1989)

– D. Nicolau Água-Rosada e outras estórias verdadeiras e inverosímeis (short stories, 1990)

– O coração dos bosques (poetry, 1991)

– A feira dos assombrados (novella, 1992)

– Estação das Chuvas (novel, 1996)

– Nação Crioula (novel, 1997)

– Fronteiras Perdidas, contos para viajar (short stories, 1999)

– Um estranho em Goa (novel, 2000)

– Estranhões e Bizarrocos (juvenile literature, 2000)

– A Substância do Amor e Outras Crónicas (chronicles, 2000)

– O Homem que Parecia um Domingo (short stories, 2002)

– Catálogo de Sombras (short stories, 2003)

– O Ano em que Zumbi Tomou o Rio (novel, 2003)

– O Vendedor de Passados (novel, 2004)

– Manual Prático de Levitação (short stories, 2005)

– As Mulheres de Meu Pai (novel, 2007)

– Na rota das especiarias (guide, 2008)

– Barroco tropical (novel, 2009)

– Milagrário Pessoal (novel, 2010)

– Teoria geral do Esquecimento (novel, 2012)

– A educação sentimental dos pássaros (novel, 2012)

– A vida no céu (novel, 2013)

– A Rainha Ginga (novel, 2014)



He has also published, in collaboration with fellow journalist Fernando Semedo and photographer Elza Rocha, a work of investigative reporting on the African community of Lisbon, Lisboa Africana (1993). His play Aquela Mulher was performed by Brazilian actress Marília Gabriela (directed by Antônio Fagundes) in São Paulo, Brazil, in 2008 and Rio de Janeiro, Brazil, in 2009. He co-wrote the play Chovem amores na Rua do Matador with Mozambican writer Mia Couto.




(From Wikipedia, the free encyclopedia)


Português


José Eduardo Agualusa (Huambo, Angola; 13 de Dezembro de 1960) é um escritor angolano.



Estudou agronomia e silvicultura no Instituto Superior de Agronomia, em Lisboa. Colaborou com o jornal português Público desde a sua fundação; na revista de domingo desse diário (Pública) assinava uma crónica quinzenal. Atualmente, escreve crónicas mensalmente para a revista portuguesa LER e semanalmente para o jornal angolano A Capital. Realiza o programa A Hora das Cigarras, sobre música e poesia africana, difundido na RDP África.

É membro da União dos Escritores Angolanos.



Em 2006 lançou, juntamente com Conceição Lopes e Fatima Otero, a editora brasileira Língua Geral, dedicada exclusivamente a autores de língua portuguesa. A sua obra encontra-se traduzida em mais de vinte idiomas.



Numa entrevista, o escritor responde a pergunta, "Quem é o Eduardo Agualusa?": "Quem eu sou não ocupa muitas palavras: angolano em viagem, quase sem raça. Gosto do mar, de um céu em fogo ao fim da tarde. Nasci nas terras altas. Quero morrer em Benguela, como alternativa pode ser Olinda, no Nordeste do Brasil." Perguntado se se diverte escrevendo, Agualusa explica: "Escrever me diverte, e escrevo também, porque quero saber como termina o poema, o conto ou o romance. E ainda porque a escrita transforma o mundo. Ninguém acredita nisto e no entanto é verdade." Tambem gostava de estudar o ninho das pegas da mae joana.



(De Wikipedia, a enciclopedia livre)



 


Bibliografia:

Romances e contos

– A Conjura (romance, 1989)

– D. Nicolau Água-Rosada e outras estórias verdadeiras e inverosímeis (contos, 1990)

– A feira dos assombrados (novela, 1992)

– Estação das Chuvas (romance, 1996)

– Nação Crioula (romance, 1997)

– Fronteiras Perdidas, contos para viajar (contos, 1999)

– Um estranho em Goa (romance, 2000)

– Estranhões e Bizarrocos (infantil, 2000)

– O Homem que Parecia um Domingo (contos, 2002)

– Catálogo de Sombras (contos, 2003)

– O Ano em que Zumbi Tomou o Rio (romance, 2003)

– O Vendedor de Passados (romance, 2004)

– Manual Prático de Levitação (contos, 2005)

– As Mulheres de Meu Pai (romance, 2007)

– Barroco tropical (romance, 2009)

– Milagrário Pessoal (romance, 2010)

– Teoria geral do Esquecimento (romance, 2012)

– A educação sentimental dos pássaros (romance, 2012)

– A vida no céu (romance, 2013)

– A Rainha Ginga (romance, 2014)

Peças

Geração W (peça de teatro montada em Portugal em 2004)

Chovem amores na Rua do Matador (peça de teatro escrita juntamente com Mia Couto, estreada em Portugal em 2007) 

Aquela Mulher (texto para monólogo teatral estrelado por Marília Gabriela e direcção de Antônio Fagundes, montado em São Paulo, Brasil, em 2008 e Rio de Janeiro, Brasil, em 2009)

Outros

– O coração dos bosques (poesia, 1991)

Lisboa Africana (reportagem, 1993—com o jornalista Fernando Semedo e a fotógrafa Elza Rocha)

– A Substância do Amor e Outras Crónicas (crónicas, 2000)

– Na rota das especiarias (guia, 2008)