Événements

Encontro de Cinema Negro Brasil África e Caribe 2010
4ème édition

Français

IV ENCONTRO DE CINEMA NEGRO – BRASIL, ÁFRICA E CARIBE – 2010

Entre pré-estreias e filmes inéditos apresentados na mostra, estão ainda Contrato, de Guenny Pires (Cabo Verde), uma visão poética da diáspora africana; Le Raccourci Vers le Soleil, de Idriss Diabaté, documentário sobre o pensamento e a obra do pintor camaronês Francis Mbella; Copa Vidigal, de Luciano Vidigal, o primeiro longa-metragem realizado pelo Nós do Morro (em parceria com a Cavideo); e a grande expectativa da mostra, Un Homme qui Crie, de Mahamat-Saleh Haroun (Chade), que em maio último conquistou o Prêmio do Júri do Festival Cannes com o drama íntimo de um ex-campeão de natação que se vê encurralado por um dilema: perder, para o próprio filho, o posto de salva-vidas em um hotel de luxo, ou perder o próprio filho para a guerra civil que assola o país, entregando-o às forças rebeldes como combatente. Um dos nomes mais cultuados da nova safra de diretores francofônicos, Haroun faz a sua primeira visita ao Brasil na condição detentor do conjunto mais expressivo de obras da quarta edição do Encontro de Cinema Negro, com três longas de ficção na grade de programação, todos eles premiados e sem passagem pelo circuito comercial brasileiro3.
Selecionados pelo cubano Rigoberto Lopez, o cineasta de maior projeção internacional da região, oito dos 53 títulos reunidos no Encontro, representam o Caribe, que comparece com o único filme de animação da mostra – o curta 20 Años, realizado em Cuba pelo cineasta e artista plástico guadalupenho Barbaro Joel Ortiz – e ganha também uma generosa fatia da programação no Odeon, na sexta-feira, 12, com seminário pela manhã e exibições das 14h às 21h.
A presença de jovens diretores brasileiros permeia toda a programação, com nove curtas, um média e dois longas-metragens, e motiva o seminário de sábado pela manhã no Cine Odeon.
Uma oficina de roteiro ministrada pelo cubano Antonio Molina itinera por três espaços do Encontro, em quatro laboratórios que têm como ponto de partida a exibição de um filme seguida da análise de seu roteiro, com a participação do autor. Em pauta, duas ficções e dois documentários: Bróder, de Jeferson De; O Papel e o Mar, Luiz Antonio Pilar; ASWAD – Diáspora Africana, de Julio Tavares; e Renascimento Africano, Zózimo Bulbul.
Por fim, o lançamento, dia 9 no Armazém 6, de um DVD duplo reunindo uma coletânea de doze curtas brasileiros apresentados ao longo das quatro edições empresta materialidade ao papel que o Encontro de Cinema Negro vem desempenhando no sentido de estimular a produção de filmes por realizadores negros no país. Enquanto o evento como um todo reafirma sua vocação para (re)unir, através do cinema, o que a diáspora dispersou, e revelar, num conjunto de obras da mesma arte, mas de procedências, linguagens e formatos variados, os ecos da origem comum e, também, as múltiplas feições que pode assumir a expressão cultural de um povo que, sem perder de vista o seu passado, hoje tem os olhos voltados para o futuro.

IV ENCONTRO DE CINEMA NEGRO – BRASIL, ÁFRICA E CARIBE
Cine Odeon. Oi Futuro Ipanema. Centro Cultural Justiça Federal. Espaço Tom Jobim. Armazém 6
Rio de Janeiro. 8 a 14 de novembro

Criação do Projeto e Curadoria: Zózimo Bulbul
Parceiros na seleção de filmes desta edição: Mansour Sora Wader (títulos africanos) e Rigoberto López (filmes caribenhos)
Coordenação Geral: Biza Vianna
Patrocínio: Fundação Palmares. MinC. Oi. Eletrobrás. Prefeitura do Rio de Janeiro. Governodo Estado do Rio de Janeiro

Realização: Centro Afro-Carioca de Cinema

Programação

08 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR
17h
Mesa de Abertura

18h30
O Papel e o Mar – 15′
Luiz Antonio Pillar

Broder – 93′
Jeferson Dê (SP)



09 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR

14h
Mumbi – 7′
Viviane Ferreira (SP)

Black in Berlin – 13′
Sabrina Fidalgo (RJ)

Copa Vidigal – 75′
Luciano Vidigal (RJ)

16h
Cada fio uma história – 7′
Estimativa (RJ)

Milton Meia Dúzia – 12′
Paulinho Sacramento (RJ)

Noitada de Samba – 75′
Cely Leal



ARMAZÉM 6 – Cais do Porto

18h30
Lançamento do Projeto do DVD Memória dos Destaques em curta metragem dos Encontros de Cinema 2007, 2008, 2009 e 2010.

19h30 – Clássicos
Alma no Olho – 11′
Zózimo Bulbul

Retrato em branco e preto – 15′
Joel Zito Araújo

O Papel e o Mar – 15′
Antonio Pillar

Choro e Ladainha – 15′
Antonio Pompeo

Carolina – 14′
Jeferson Dê

Condição Humana – 14‘
Flavio Leandro

20h30 – Novos Realizadores
Mumbi – 7′
Viviane Ferreira (SP)

Rap de Saia – 18′
Janaina Oliveira

Neguinho e kika – 18‘
Luciano Vidigal (RJ)

Milton Meia Dúzia – 12′
Paulinho Sacramento (RJ)

Se todos fossem iguais – 17′
Fernando Barcellos (RJ)

Santas Ervas – 17′
Lincoln Santos

Ilha do rato – 18′
Joselito Crispim (BA)

22h
Festa



OI FUTURO em Ipanema

14h
Anba Fey – 19′
Domenique Duport (Guadalupe)

La Vie Revee de Sarah – 27′
Giscard Bouchette (Haiti)

El viaje más largo – 25′
Rigoberto Lopez (Cuba)
Com a presença diretor Rigoberto Lopez

16h
Mujer – 4′
Jean Jean (Haiti)

Tête Gréné – 86′
Christian Grandman (Guadalupe)
Presença do diretor Christian Grandman



10 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR
10h – Seminário SENEGAL
. A importância da União dos países africanos
. Senegal – 50 anos de independência
. A importância do renascimento africano

Palestrante:
Prof. Dr. Iba Der Thiam, Historiador, Vice-Presidente do Congresso Nacional do Senegal
Sr. Amadou Lamine Faye, Especialista do Panafricanismo, Ministro da Diaspora.

Membros da mesa:
Prof. Dr. Madiagne Diallo (mediador), PUC-Rio
Mansour Sora Wade, cineasta, senegales
Zózimo Bulbul, cineasta, brasileiro

14h
Mère-Bi, La Mère – 55′
Ousmane William Mbaye

Dieu a-t-il Quitter L’Afrique? – 52′
Musa Kala Dieng (Senegal)

16h
Ramata – 84′
Léandre Alain Backer (Senegal)

18h
Estreia de Renascimento Africano – 51′
Zózimo Bulbul (RJ)

19h
L’Absence – 84′
Mama Keita (Senegal)

21h
Un homme qui crie – 92′
Mahamat-Saleh Haroun (Chade)



CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL

14h
ASWAD – Diáspora Africana – 72′
Júlio Tavares
Debate com o cineasta após a sessão

18h30
Oficina de Roteiro com Antonio Molina
Participação: Julio Tavares



OI FUTURO em Ipanema
14h
Abuona – 85′
Mahamat – Seleh Haroun (Chade)
Após a sessão, debate com o cineasta

16h
Daratt – 95′
Mahamat-Saleh Haroun (Chade)
Com a presença do cineasta



11 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR
10h – Seminário AS VÁRIAS ÁFRICAS
. 50 anos de independência da Costa do Marfim, Chad e R.D. Congo
. A libertação de Cabo Verde
. Literatura, cinema e a importância dos roteiros

Mesa Redonda:
Sra. Ruth Pinheiro (mediadora)
Idriss Diabate – cineasta, Costa do Marfim
Guenny Pires – cineasta, Cabo Verde
Mahamat Seleh Haroun, cineasta, Chad
Léandre Alain Backer, cineasta, Republica Democratica do Congo
13h
Le Raccourci Vers Le Soleil – 60′
Idriss Diabate (Costa do Marfin)

Wole Soyinka – 52′
Akin Omotoso (África do Sul/Nigéria)

15h30
Pour le meilleur et pour l’oignon – 52′
Sani Elhaj Magor (Nigéria)

Contrato – 77′
Guenny Pires (Cabo Verde)

17h30
Le Monologue de la Muette – 45′
Khady Sylla (Senegal)

Saint Louis Blues (Un Transport en commun) – 48′
Dyana Gaye (Senegal)

19h
Alfa Blond – 90′
Antoinette Delafin-Cissé (Costa do Marfim)

21h
Daratt – 95′
Mahamat-Saleh Haroun (Chade)



CENTRO CULTURALJUSTIÇA FEDERAL

14h30
Le Raccouri Vers Le Soleil – 60′
Idriss Diabate

Wole Soyinka – 52′
Akin Omotoso (África do Sul)
Debate com o cineasta Idriss Diabate



OI FUTURO em Ipanema

14h
Mumbi – 7′
Viviane Ferreira (SP)

Renascimento Africano – 53′
Zózimo Bulbul (RJ)

15h
Debate com cineastas
Zózimo Bulbul
Mansour Sora Wade
Madiagne Diallo

16h30
Oficina de roteiro com
Antonio Molina e Zózimo Bulbul



12 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR

10h – Seminário CARIBE
. O Festival Itinerante do Caribe e seus processos
. A Importância do Cinema na Reconstrução do Haiti

Rigoberto Lopez – Cuba
Christian Grandman – Guadalupe

14h
Anba Fey – 19′
Domenique Duport (Guadalupe)

20 anos – 20′
Bárbaro J. Ortiz (Cuba)

Uma Misma Raza – 20′
José Luis Neyra (Cuba)

El viaje más largo – 25′
Rigoberto Lopez (Cuba)

La Vie Rêvée de Sarah – 27′
Giscard Bouchette (Haiti/Fran)

16h
Cousines – 106′
Richard Senecal (Haiti)

18h
Mujer – 4′
Jean Jean (Haiti)

Tête Gréné – 86′
Christian Grandman (Guadalupe)

20h
Ramata – 84′
Léandre Alain Backer (Senegal)



OI FUTURO em Ipanema

14h
Cada Fio Uma História – 7′
Estimativa (RJ)

Bróder – 100′
Jeferson De (SP)
Debate com o cineasta

16h30
Oficina de roteiro com Antonio Molina e Jeferson De



ESPAÇO TOM JOBIM

13h
Mumbi – 7′
Viviane Ferreira (SP)

Renascimento Africano – 53‘
Zózimo Bulbul (RJ)

14h
Milton Meia Dúzia – 12′
Paulinho Sacramento (RJ)

Wole Soyinka – 52′
Akin Omotoso (África do Sul)

15h
Black in Berlin – 13′
Sabrina Fidalgo (RJ)

Ramata – 84′
Léandre Alain Backer (Senegal)



ALERJ

17h30
Palestra/Reparação, Título de
Cidadão Carioca. (Presença do Senegal)



13 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR

10h – Seminário JOVENS BRASILEIROS
. Novos Realizadores
. Novas Mídias e Novos Roteiros
. As Mulheres da Nova Geração do Cinema

Viviane Ferreira (SP)
Sabrina Fidalgo (RJ/Berlim)
Luciano Vidigal (RJ)
Jana Guinond – Estimativa (RJ)
Janaina Oliveira (RJ)
14h
Cada fio uma história – 7′
Jana Guinond e Nina Silva (RJ)

O Que Você Tem na Cabeça? – 19‘
Carlos Maia

Na Real – 5′
Luana Paschoa e Amanda Faustino (RJ)

Amanhecer – 15′
Mariana Campos (RJ)

Black in Berlin – 13′
Sabrina Fidalgo (RJ)

Mumbi – 7′
Viviane Ferreira

A Metralhadora de Selarón – 18‘
Paulinho Sacramento (RJ)

16h
Deus lhe pague – 17′
Miriam Juvino (RJ)

O trem do vale – 37′
Sávio Tarso (MG)

Várzea – 39′
Akins Kinte (SP)

18h
Milton Meia Dúzia – 12′
Paulinho Sacramento

Copa Vidigal – 75′
Luciano Vidigal (RJ)

20h
O Papel e o Mar – 15′
Luiz Antonio Pillar (RJ)

A Metralhadora de Selarón – 18′
Paulinho Sacramento (RJ)



CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL

14h
Pensando em Cheikh Anta Diop | 26′
Zózimo Bulbul (RJ)

Renascimento Africano – 53′
Zózimo Bulbul
Debate com o cineasta Zózimo Bulbul e o Professor Madiagne Diallo

18h30
Oficina de roteiro com Antonio Molina
e Antonio Pillar



OI FUTURO em Ipanema

14h
Saint Louis Blues (Un Transport en commun) – 48′
Dyana Gaye (Senegal)

16h
Alfa Blond – 90′
Antoinette Delafin-Cissé (Costa do Marfim)



14 DE NOVEMBRO

CINE ODEON BR

14h
Comportamento Humano – 12′
Flávio Leandro (RJ)

Luto como Mãe – 70′
Luis Carlos Nascimento (RJ)

16h
Pedra do Sal – 12′
Juliana Chagas (RJ)

Guerreiro do Samba – 15′
Jocemir Ferreira (RJ)

Chama Imperiana – 19′
Paulinho Sacramento (RJ)

18h
Retrato em branco e preto – 15′
Joel Zito Araújo (RJ)

Noitada de Samba – 75′
Cely Leal (BA)

RODA DE SAMBA



OI FUTURO em Ipanema

14h
Mumbi – 7′
Viviane Ferreira (SP)

Rap de Saia – 18′
Janaina Oliveira (RJ)

Neguinho e kika – 18‘
Luciano Vidigal (RJ)

Milton Meia Dúzia – 12′
Paulinho Sacramento (RJ)

Se todos fossem iguais – 17′
Fernando Barcellos (RJ)

Santas Ervas – 17′
Lincoln Santos (RJ)

Ilha do rato – 18′
Joselito Crispim (BA)


EQUIPE
Zózimo Bulbul – Curadoria e Criação do Projeto
Biza Vianna – Direção e Coordenação Geral
Madiagne Diallo – Parceiro Relações Internacionais
Mansour Sora Wade – Parceiro na curadoria África
Rigoberto Lopez – Parceiro na curadoria Caribe

Ruth Pinheiro – Consultoria de Administração
Angela de Almeida – Assessoria de Imprensa
Vânia Lima – Comunicação
Duddu Rodrigues – Programação Visual
Ierê Ferreira – Fotografia
Alexandre Rosa – Câmera
Naira Fernandes – Assessoria de Comunicação Afro-Brasileira
Monalyza Alves – Produção / Logística
Mirian Juvino – Produção / Recepção
Raquel Carolina – Produção / Administração
Viviane Ferreira – Parceria Interestadual
Nina Silva – Produção de Equipe
Luana Paschoa – Assistente
Paulinho Sacramento – Vinhetas de apresentação

EQUIPE DE APOIO
Ana Beatriz Silva – Assistente de divulgação
Fabiana Souza – Assistente de divulgação

FICHA TÉCNICA DO FILME RENASCIMENTO AFRICANO
Matheus Oliveira – Editor
Vânia Lima – Assistente de Produção
Luana Paschoa – Estagiária

PARCERIAS
Consulado Geral da França
ODUM
CADON – Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo Neves
Espaço Tom Jobim
Ministério das Relações Exteriores
Cine Odeon BR
Centro Cultural Justiça Federal
Bon Film – Christian Boudier
Instituto Ensaio Aberto
Estimativa